Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Vem, outra vez.

O dia começou atrasado, aquela corrida antes de entrar no carro para vir pro trabalho. Ufa!
Marmitas prontas, me arrumei sem olhar no espelho (porque corri e não deu tempo), comi um pão na chapa enquanto esperava Raio de Sol entrar no carro. Liguei o carro, Spotify"Daily Mix 1".

Música brasileira, muito axé, muito rebolado e voz guerreira. Salve Beth Carvalho!
Photo by JR Korpa on Unsplash
Três minutos para a tolerância final do ponto, uma baita chance de dar errado, não?
Afinal, o que é dar errado? O que é dar certo? Ser como queremos ou ser como deve de ser? Não sei. 
Voltei.
Três meses em crise profunda, choro, falência e desistência. Visitei todos eles. A insignificância da minha própria vida era o que fazia sentido. Se é que há sentido nisso. Voltei. 
A baita chance de dar errado contrariou as expectativas.
Não fiquei chateada pelo atraso, aumentei o som e cantei junto com o Brasil. Coloquei em dia as rotinas que não terminei acolá. Fiz questão de ser honesta comigo e t…

Últimas postagens

resiliência, o nome.

é sobre o caminho

E quando tudo mudar?

Antes de escrever, vem.

Talvez esteja falando sobre a vida

Aos 27.

Eu consigo ver você - I can see you

Em você, o que falta em mim | BLOG DA BÁ

Chegar lá | Blog da Bá

a depressão